sexta-feira, outubro 11, 2013

ao grande poeta

curvei-me ao grande poeta
cujas grenhas e chapéu
jogavam xadrez

passatempo predileto de poetas
que poetam a dois por três

ofereceu-me roufenho
dez mil jâmbicos a
dez merréis

a generosa anáfora
pasmou-me num revés

grato pela transigência
numa humilde vênia
fui tomar minha cerveja




0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home