terça-feira, janeiro 14, 2014

na clave dos teus trastes
minha fuga é fado sincopado
solfeje guria meu violão desafinado

(eu bem tocaria e te cantaria
com melodia e poema)

mas meu ouvido emudece
o diapasão semitona
e o coração empena

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home